segunda-feira, 7 de junho de 2010

Corpus Christi


O feriado foi o dia que mais me procuraram nessa vida, tirei o dia pra dormir (depois de uma noitada), descansar, ficar com a família, rir da minha irmã que depois que ganhou chiclete beirou a loucura, enfim, eu queria só ficar só. Ouvi uns CDs antigos, confesso que me prendi ao CD do Chico, sempre viajo com as músicas dele, uma em especial, mas acho que é melhor eu não comentar qual aqui, porque as pessoas tem a mente esquizita, podem interpretar mal.

Daí, no finalzinho da noite resolvi voltar a Fernanda Takai, e ouvi umas 10x essa música:

http://www.youtube.com/watch?v=NNGfxU7PArY

Disseram, só porque às vezes me ligam, perguntam onde estou, e falo: “estou por aí!” Além do tal do botequim, o violão, o samba, a madrugada companheira... Essa música me fala muito, só faltava Takai falar que estou com Deus, aí sim, seria minha do começo ao fim, sempre interpreto essa música pensando num cara só e ateu, e quando ele fala dos amigos eu identifico, tipo, “tenho muitos amigos e sou popular” mas prefiro ficar eu e o violão andando só por aí. Enfim, terminando esse post sem eira e nem beira, “sem nexo, um pierrot retrocesso meio bossa-nova e rock and roll...” só queria dizer que eu prezo muito pela reflexão e porque não dizer, prezo também pela minha solidão!

2 comentários:

Anonimo! disse...

''Te pego na escola e encho a tua bola com todo meu amor...''

''Faço promessas malucas, tao curtas quanto um sonho bom...''

''Se eu te escondo a verdade baby, é pra te proteger da solidao...''

''Faz parte do meu show, faz parte do meu show, meu amor...''



''Se alguem perguntar por mim, diz que fui por aí, levando um violao, debaixo do braço...''

''Eu tenho um violao para me acompanhar, tenho muitos amigos eu sou popular, eu tenho a madrugada como companheira...''

Eu estou por aí, nao sei por que maluquice pensando nela! xD

Muito melhor com Luiz Melodia!

Anonimo! disse...

Ah, e se quiserem saber se eu volto diga que nao...